Este webiste utiliza cookies para as suas funções essenciais. Utilizamos igualmente o serviço Google Analytics. Continuar a navegar no site implica a aceitação da utilização de cookies. Para obter mais informação consulte a nossa política de privacidade.

Estrutura educativa das formações


Reunindo alguns dos melhores professores de Feldenkrais do mundo, o Instituto Feldenkrais tem o objetivo explícito de formar professores de Feldenkrais altamente qualificados, capazes de ensinar a Consciência pelo Movimento e Integração Funcional com confiança, enquanto continuam a ser reflexivos e abertos à exploração.

Durante um programa de formação de professores Feldenkrais, o aluno enfrenta uma experiência profunda e agradável de aprendizagem. As fases de estudo intenso são equilibradas com períodos de descanso e assimilação da profundidade da matéria. As aulas fornecem uma riqueza de experiência prática, painéis de discussão, palestras e vídeos para permitir que aprenda no seu próprio ritmo, num ambiente aberto e não-competitivo.

Os nossos programas de formação visam apoiar cada aluno no seu processo de aprendizagem. Os alunos recebem apoio individual e orientação através duma estreita interação com o corpo docente. O trabalho em pequenos grupos promove relacionamentos valiosos entre os alunos e proporciona a sensação de apoio mútuo. Muitas vezes é destes grupos de companheiros que surgem amizades duradouras.

Os alunos da formação passam por um processo de amadurecimento que envolve a aquisição de conhecimentos, competências técnicas, o aumento da auto-consciência e auto-suficiência. Como participante, estará a aprender através do movimento, o que irá melhorar a sua capacidade de encontrar soluções por meio das suas funções sensoriais e cognitivas. Vai-se sentir mais jovem, mais flexível e em melhor forma. A partir desta nova auto-consciência, melhorará a sua capacidade de se conectar e criar relacionamentos relevantes e significativos com os outros: promovendo o seu próprio crescimento, e apoiando a aprendizagem dos outros.

Programa

Primeiro e segundo ano

Os primeiros dois anos da formação realçam a construção duma base forte de consciência pelo movimento.
Os alunos compreendem o Método Feldenkrais através da experiência direta e não através de conceitos teóricos. Como aluno, estará imerso no processo de consciência pelo movimento, que abrange todas as articulações e grupos musculares do corpo e recria o processo de aprendizagem orgânica das crianças.

Os alunos começam pelas aulas de ATM e IF para que desenvolvam a sua própria capacidade para detetar diferenças na auto-perceção, sentimentos e ações, a fim de descobrir novas possibilidades de mudança e crescimento, como indivíduos e como parte do grupo.

Além da imersão intensa no processo de ATM, entraremos gradualmente num processo de observação, discussão e análise das estruturas de ATM e da lógica das progressões e dos exercícios específicos. Irá desenvolvendo as suas competências verbais e não verbais para dar aulas de ATM e terá a oportunidade de praticar sob supervisão, com o apoio dos formadores. No final do segundo ano, a maioria dos alunos obterão a autorização para dar aulas de Consciência pelo Movimento ao público.

Gradualmente, iremos desenvolver as competências necessárias para a Integração Funcional, trabalhando a capacidade de observação, perceção e toque usando tanto um esqueleto como colegas da formação. Desenvolveremos a consciência e melhoraremos a “auto-organização” do professor de Feldenkrais a trabalhar no chão ou na marquesa. Também desenvolveremos o nosso toque para usá-lo duma forma que sensibiliza tanto o aluno como o futuro profissional.

Para esclarecer elementos de anatomia e função do corpo humano será utilizada uma variedade de materiais educativos.

Exemplos de tópicos de aulas de ATM no ano 1 e 2:

  • Os primeiros movimentos da vida (a série de sucção e movimentos dos olhos)
  • O uso dos flexores e a seguir dos extensores
  • O uso dos olhos para se orientar e dirigir o movimento
  • Transição entre diferentes posições
  • A importância do controlo da cabeça e do pescoço para facilitar o movimento e o tónus do corpo
  • Reflexos tónicos dos olhos, cabeça e pescoço
  • Conexão da cabeça e dos olhos para um movimento rápido e suave
  • Movimentos primitivos. Os primeiros movimentos, a utilização das restrições para mover diferentes partes de si próprio
  • Diferenciação como base da aprendizagem
  • A pélvis como o centro do poder do corpo
  • A integração dos braços com o centro do corpo
  • Mobilidade da cabeça e do pescoço
  • Conexão da cabeça à pélvis e o uso destas em padrões de desenvolvimento e movimentos amplos
  • Som e voz
  • Integração de braços e pernas
  • Mobilidade articular das ancas
  • Integração da mobilidade e controlo dos braços em movimentos mais amplos, que incluem todo o corpo

Terceiro e quarto ano

Os alunos começam a trabalhar intensamente no desenvolvimento da forma de pensar e as competências necessárias para a Integração Funcional.
Explorando a relação de IF a ATM e as suas dinâmicas comuns, os alunos aprendem competências tais como a capacidade de pensar de forma funcional, apresentar temas tanto em IF e ATM e construir aulas que apoiam os processos individuais de aprendizagem dos seus clientes.

Os alunos aprendem a desenvolver continuamente as suas competências para se tornarem profissionais. Aprenderá o que constitui uma aula completa de IF, como entrevistar e começar uma aula, como dar e finalizar a aula, como ensinar uma função noutra posição na marquesa, e, finalmente, como começar a pensar numa série de aulas. Os alunos aprendem a dar uma grande variedade de aulas e explorar diferentes funções em todas as posições possíveis: marquesa, cadeira, rolos e na posição de pé. Aprenderá como criar sequências de movimento na IF e sentir que informação adicional é necessária para uma função a ser integrada pelo cliente.

A formação é completada pelo estudo de gravações vídeo de Moshé Feldenkrais a dar aulas e por aulas adicionais de demonstração, que serão ensinadas a convidados que não pertencem à formação.

Exemplos de temas de IF no 3º e 4º ano:

  • Explorar a relação entre as aulas de ATM e IF
  • Distribuição proporcional do esforço
  • O valor potencial de começar uma IF a partir do centro do corpo
  • Trabalhar de lado
  • Opções em vez de “certo ou errado”
  • Uso do “chão falso” nos pés para reorganizar o pé em contacto com o solo.

Continuará a desenvolver a sua familiaridade e confiança para dar aulas de ATM através de aulas com voluntários e feedback dos formadores assistentes antes de cada aula.

Ao longo da formação, os alunos recebem um mínimo de 12 aulas de Integração Funcional, como parte de seu programa de formação. Também incentivamos os nossos alunos a observar várias demonstrações de Integração Funcional dadas pelos nossos formadores antes ou depois das aulas.
Antes de concluir a formação, é necessário que cada aluno tenha executado com êxito uma prática supervisionada de IF.

O pacote completo

Todas as aulas, palestras, demonstrações e discussões são gravadas em formato MP3 e disponibilizadas aos alunos. Estas gravações fornecem um meio inestimável de estudo e referência durante os períodos fora das aulas.

Haverá conferências adicionais com oradores externos para aprofundar os assuntos ensinados, ou oferecer uma perspectiva diferente. Os tópicos podem incluir o desenvolvimento embrionário, a psicologia cognitiva e o funcionamento do sistema nervoso, entre outros.

Os nossos alunos aprendem a desenvolver as competências verbais necessárias para comunicar o trabalho dos profissionais de Feldenkrais e se comportar de forma profissional com os colegas, membros de outras profissões e com o público em geral.

Ao longo da formação, vamos discutir os diferentes usos da ATM para uma variedade de aplicações específicas em áreas tão diversas como as artes, a saúde, os desportos, o comportamento interpessoal e o bem-estar. Receberá orientação sobre como aplicar as competências adquiridas, seja nas suas próprias áreas de trabalho ou numa variedade de novas oportunidades profissionais.